DeROSE Culture 2010: as emoções...

Queridos Amigos,

Ainda me sinto emocionado pelos magníficos 3 dias vividos no DeRose Festival em excelente companhia, repleto de práticas, conversas, abraços, carinhos, sorrisos e até algumas lágrimas de tanta emoção.

Este foi sem dúvida o melhor Festival até hoje! E isso, torna-se um estímulo enorme para partilhar estes momentos com toda a egrégora, ficando já uma enorme vontade de proporcionar outros mais momentos inesquecíveis para estarmos sempre juntos! Felizmente haverá mais oportunidades destas.

Sinto-me também honrado por representar a Unidade mais participativa durante este evento e isso deve-se à presença de cada um dos 31 alunos da nossa escola que levámos desta nossa Escola tão especial.



É um privilégio e uma felicidade muito grande contar com este maravilhoso grupo de alunos que a Unidade da Amadora conta diariamente. Meu pensamento neste momento vai para todos aqueles que não conseguiram estar presente neste ano mas que certamente estarão cheios de vontade para participar duma festa assim. Infelizmente não consigo colocar em palavras todo o calor, alegria, emoção e felicidade vivida neste memorável fim-de-semana.

Conto com o testemunho de cada um e se possível, que consigam expressar de alguma forma o que sentiram, o que gostaram ou o que concluem desta maravilhosa experiência, deixando um comentário a este post.



A todos, Muito Obrigado!

SwáSthya!!!!

Carlos Leocádio
Director da Unidade da Amadora

3 comentários:

Anita disse...

Querido Leo.

Fui para este festival de coração aberto e limpo, pronta para receber tudo o que conseguisse receber. E acontece que superou em muito as minhas expectativas. Conheci pessoas maravilhosas, aprendi e cresci imenso com os Mestres e Professores do nosso tão amado Método DeRose. Emocionei-me ao ver o Mestre DeRose em directo connosco do Brasil. Senti nos seus olhos e na sua expressão de menino, tão feliz, como se lhe tivessem ofertado o seu brinquedo favorito. Ele estava verdadeiramente fascinado ao ver egrégora tão linda, Mestres, Professores, Instrutores e futuros Instrutores. Foi maravilhoso! Que mais posso dizer? Quero viver num Fest-Yôga! Adoro-vos, amo-vos de coração! Tenho orgulho imenso em pertencer a tão envolvente filosofia, à qual me entrego de alma e coração e me esforço, todos os dias por dignificá-la e honrá-la, defendendo-a com todas as forças do meu ser e esforçando-me por ser cada vez melhor, para, um dia, também eu poder transmitir toda esta belissima filosofia! Também não consigo ainda colocar por palavras tudo o que sinto, pois ainda estou a assimilar tantas vivências maravilhosas! SwáSthya!!!

Anita Marques

Terê disse...

Querido Leo, Egrégora maravilhosa!
A experiência vivênciada neste DeROSE Culture, foi extraordinária. Senti-me acolhida por todos, integrada, as práticas foram intensas, experimentei e absorvi conhecimentos transmitidos de pessoas importantes, experientes que partilharam com todos nós uma pequena amostra do seu conhecimento. A prática que mais gostei, tal como perguntas, foi Shaktí e Shakta: a força do sádhana em dupla, com a Prof. Nina de Holanda (a prof dos mimos na orelha :-)). A Prof é espectacular, envolvente, e a prática proporcionou-me uma experiência que assimilei e que mexeu com todo o meu ser, pelo impacto que teve. A-M-E-I o fim-de-semana a todos os níveis o que veio reforçar ainda mais a vontade de estar e partilhar mais momentos na vossa companhia. O brilho dos meus olhos fica mais intenso quando estou junto de vós! Amo-vos de coração, sinto-vos mesmo como a minha família. Obrigada a todos. SwáSthya!

Sofia M. disse...

Meus queridos,

A experiência que vivenciei neste meu primeiro Fest-Yôga ainda está a ser assimilida neste momento. É tanta a força e a energia gerada que ainda me sinto muito pequenina para poder absorver tanto quanto desejaria. Mas hei-de chegar lá...

A minha vida mudou, claramente, depois de vos conhecer. Vocês que me preenchem, me fazem feliz e estou muito grata por todo o conhecimento precioso que me transmitem. Obrigada pelo que me dão e por me acharem digna disso. Convosco, pela primeira vez na vida, sei que não estou sozinha, mesmo quando o estou fisicamente.

Amo-vos de coração.
SwáSthya!